O milagre do abraço

Foto: Arquivo pessoal

Você deve estar se perguntando o que esta foto escura e meio desfocada faz aqui. Explico: ela foi tirada numa noite em que eu e quatro amigas fomos a um show de rock. Tudo corria bem, até que meu coração ficou apertado. Problemas dolorosos que eu tentava esquecer vieram à minha mente e comecei a chorar. Compulsivamente. No meio da balada.

Quis morrer de vergonha, mas quanto mais tentava segurar o choro, mais forte ele vinha. Já estava preparada para ouvir os conselhos que normalmente se escuta nessas ocasiões, como “enxugue as lágrimas e curta o rolê”, “lave o rosto porque sua maquiagem borrou “ ou “bebe que passa”. Mas o que aconteceu foi totalmente diferente.

De repente, fui coberta de abraços, seguidos de frases como “chora, que alivia a alma”, “ninguém consegue ser forte o tempo todo, permita-se ser frágil” e “sei como se sente, conte comigo”. De forma quase milagrosa, a dor foi cessando e, quando percebi, estava novamente rindo e curtindo o show como planejado.

No dia seguinte, pedi desculpas a uma amiga pelo ocorrido. “A noite foi ótima, extravasar faz bem”, respondeu ela. Para minha surpresa, esta mesma foto foi postada em outros perfis de amigas. Uma delas sugeriu que deveríamos ter encontros mensais como aquele. Em todas as legendas, uma palavra em comum: sororidade.

Sororidade é quando mulheres se abraçam e uma consegue de fato ouvir o coração da outra. Pode ser um abraço físico, ou em forma de uma mensagem para saber por que você sumiu; de um telefonema para checar se você está bem; de uma visita relâmpago para vinho e risadas; de um café no meio da tarde para desabafos; de colo para acalmar seu sofrimento.

Já perdi as contas de quantas vezes fui salva pela solidariedade de amigas – tão especiais como as desta foto. Creio que você também. Aproveite este texto para marcar aquelas que enxergam o melhor que há em você. Que te estimulam a crescer. Que não te deixam esquecer seu valor. E agradeça por tanto amor, pois como disse Jota Quest, “o melhor lugar do mundo é dentro de um abraço”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *