O título do texto é seu

Foto: Arquivo pessoal

*Dalila L.

Qual o seu SENTIR agora?
Não buscar motivo para sorrir, deixar o sorriso ser RAZÃO!

Caminhei descalça para sentir o chão, mais que isso, para que ele também me sentisse. Movimentei os braços para sentir o ar, mais que isso, para que ele se movimentasse em mim. Me estendi, estiquei para alcançar a luz do sol, mais que isso, para que ela brilhasse em mim. Busquei fundo com o prender e soltar da respiração, mais que isso, liberando e trazendo a minha verdade de volta.

A vida é um bailado solto, livre, despretensioso… Como uma fogueira que precisa ser alimentada. O fogo nos mostra o ciclo do preparo, início, queimar/arder, transmutar e refazer. A terra nos traz o ciclo de semear na paciência da espera de que irá brotar e, daí, nutrir! A água nos traz a limpeza, o fluxo solto, forte, calmo… Toca tudo por onde corre, esconde um mundo quando decidimos mergulhar (emoções).

O ar com todo seu movimento, brisa calma, vento forte, pode clarear o “teto” do mundo, deixando-o azul, pronto para voar! Pode formar nuvens densas, pesadas, só para que depois possa chover/derrAMAR… Nutrir a terra, apagar o fogo, trazendo tudo limpo de novo.

Conectar-se com o tempo natural das coisas, mais que isso, SER o tempo, ser o seu tempo, ser a sua verdade, SER TEMPLO! Acreditar, esperançar, ter fé, CONFIAR! Mais que tudo isso que talvez não te faça sentido, palavras organizadas em meio às informações que correm livres sem a tentativa de manter qualquer tipo de controle…

Mais que tudo que possa ser explicado, certas coisas, muitas coisas não precisam fazer sentido, só precisam ser sentidas no sentido que elas se dão! Se não há espaço livre para que elas transitem, façam morada, transformem o velho em novo, a dor em cura, o medo em fé, os lábios em sorriso, o coração em tesouro, os olhos em janelas abertas… os pés continuarão cansados, o coração armado, o rosto molhado, o sorriso guardado. Mais que isso, um ciclo interminável e fechado dentro de si!

É preciso FÉ para VIVER!
A vida só espera que você se renda à ela.
Não tenha medo de rir e nem de chorar, esteja presente em cada instante.


*@lepesqueur_dalila do @calma_crua_, é ariana, intensa. De tanto se perder, fez morada nela mesma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *