Você é seu ponto de chegada

Sarah Nascimento no blog Vida de Adulto
Foto: Leonardo Viana

*Sarah Nascimento

A vida para você é uma jornada? Não raro, eu mesma uso essa imagem para descrever minha existência no tempo. Viver é uma trilha, como a que fiz até a Cachoeira da Fumaça, na Chapada Diamantina; à caverna Terra Ronca, em Goiás; ou ao Pão de Açúcar, no Rio. Andamos horas a fio, desafiando o corpo diante das mais variadas condições geográficas, em nome da realização do sonho de estar diante de um presente da natureza.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Experiências como essas sempre me trouxeram muita alegria. A felicidade com a superação dos meus limites, somada ao encantamento com cada local descoberto se traduziam em êxtase. O tempo do relógio perdia sua razão de ser.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Já fez algo assim? Como foi ao chegar? Abriu um sorriso? Jogou-se na água? Deitou-se na terra, contemplando a vista ampla? Beijou? Abraçou? Chorou?

Em nós, porém, qual é o ponto de chegada? Como sabemos que chegamos? E o caminho, é assim, linear?

Do local onde me encontro, percebo a chegada de um novo ciclo. Se ele começa, é porque outro se fechou e que “cheguei”. Que provas eu tenho? Sentimentos de serenidade, ao invés do retraimento e da ansiedade constantes; de gratidão, ao invés da carência…

Percebo-me em um mirante interior contemplando, tanto o sol como a noite. Não sinto medo do que a luz pode mostrar ao incidir sobre mim nem do que emerge quando a noite chega. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Minha mente porém começa a se agitar:
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
— E agora, o que fazer? diz.
— Não sei. Não quero abandonar essa vista!, minha alma responde.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Lembro-me então de uma passagem do livro Fernão Capelo Gaivota (Richard Bach, Ed. Nórdica) que, anos atrás, deu um nó na minha cabeça e agora me conforta: “Você deve começar por saber que já chegou”. A jornada segue, mas o céu segue em nós.


*@sarahnascimento.evolucao é jornalista e uma das fundadoras do Vida de Adulto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *