Homens em Conexão

Foto: Arquivo do Grupo

*Fernando Aguiar

O cenário: aproximadamente 40 homens, entre 20 e 60 anos, se acomodam em uma pequena sala de consultório para assistirem ao documentário “The Mask You Live In” (A Máscara em que Você Vive, de 2015). O evento gratuito, promovido pela Casa dos Homens, tinha muita pipoca e um anseio silencioso e oculto por conexão.

Eu era um desses 40 e, ao final do documentário, compartilhamos nossa busca por um masculino não estereotipado, livre das amarras culturais impostas por séculos. Os homens são duros, violentos, insensíveis… Não! Naquela sala, todos já tinham ao menos reconhecido que ser homem é muito mais que isso, e queriam respostas e respaldo para descobrir o que de fato é ser homem atualmente.

Já era meia-noite e logo vimos que havia muito para dizer, ouvir, expressar e sentir. Muito mais do que aquelas poucas horas podiam abarcar.

– Vamos criar um grupo de whatsapp, alguém falou.
– Grupo de zap só de homem é um desastre…

Mas o próximo falou:
– Nós criaremos o grupo para continuar essa troca, para termos um espaço para nos conectarmos, podemos estabelecer regras e seguí-las e, se não der certo, fechamos o grupo!

E foi aí, em junho de 2017, que surgiu o Homens em Conexão. O que buscamos é incentivar a conexão consciente entre homens, sem os usuais estereótipos e vícios de fala, criando espaços onde estejam presentes a confiança, a força e a amorosidade masculina, para assim proporcionar elementos de cura entre os participantes.

Já organizamos três encontros de até oito horas de duração e também o 1º Grande Encontro, em outubro do ano passado. Foram cem homens, um final de semana inteiro juntos, compartilhando, vivenciando e se conectando. Alguns chegaram com medo e saíram em êxtase e outros haviam esperado por algo assim a vida inteira. Foi um dos finais de semana mais poderosos da minha vida.

É papel dos homens cuidarem dos outros homens, se conectarem, se unirem por uma sociedade mais equilibrada, inclusiva e diversa, e que isso se expresse na nossa relação com nossos filhos e filhas, outros homens e mulheres, com a natureza e a própria vida. Todos que se identificam como homens são bem-vindos ao nosso grupo.

*Fernando Aguiar é psicoterapeuta corporal de profissão, medita desde os 17 anos e adora viajar o mundo. Foi na Austrália que ele se envolveu mais com o trabalho com homens, que é fonte de inspiração para o Homens em Conexão.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *