A mulher nascida do aqui e agora.

Camila Barreto escreve sobre aniversário e recomeço
Foto: Arquivo pessoal

*Camila Barreto

Uma nova idade estava a caminho e ela se preparava para acolher aquele ser que havia descoberto dentro de si.

Cada traço, fio de cabelo, marcas e contornos eram contemplados. Ocorria uma revolução interna e, por meio dessa, um renascimento.

De sua pele era possível extrair o aroma das flores do campo, seus cabelos ao vento ecoavam liberdade e convidativos para um momento de corrida entre o azul vivo do céu.

Foi um mergulho na sua alma, nove meses depois, ascendeu em seus trinta anos. Nem sabia ela que estava pronta para residir outro corpo, outros corpos.

Brincou com lobos, dançou com as rosas e cantou um RECOMEÇO. Abriu novas portas e por um janela resolveu adentrar.

Tinha chegado a hora de mais uma vez se reinventar, RECONECTAR.

Mais um período se passou, caminhou em solo fértil e sagrado. Nova Vida se formou e daí a confirmação, os trinta foram a abertura de um portal para toda experiência de seus trinta e poucos anos.

A fé da menina e a vontade da mulher andam de mãos dadas e caminham na certeza do aqui e do agora.


*Sou Camila Barreto, do @vuela.mente, mulher, amante da arte e do ser humano. Acredito na escrita e na contação de histórias como processo curativo. Sou mãe de Francisco e Marina, seres que brincam e me ensinam a cuidar da minha menina interior. Uso os caminhos da psicologia como ferramenta de atuação profissional e um modo de cuidar da saúde emocional de homens, mulheres e famílias. As áreas clínica e escolar são minhas paixões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *