Quanto vale um sonho, por mais simples que seja?

Foto: Arquivo pessoal

*Luiz Fara Monteiro

Por que adiamos sua concretização? Como algo tão acessível pode parecer tão complexo?O que faz a gente dar o 1° passo e sair do imaginário em busca do real? Depois de mais de quatro décadas de existência, tirei de uma velha gaveta a vontade de iniciar minhas aulas de piano.

As desculpas anteriores foram inúmeras: falta de tempo, de dinheiro, de importância, de vontade. Decidi dar um basta a certa passividade de tantos outros sonhos e desejos. Não os detalharei aqui, mas ter acesso a aulas teóricas de piano me perseguem já há algum tempo.

As férias escolares em dezembro me deram esse empurrão. Em vez da rotina de levar filho na escola, no inglês, nas consultas, me animei com a ideia de preencher o tempo com a música, que é uma das atividades que toca minha alma. E na hora de tratar da alma o glorioso universo te convida para dançar.

Além das aulas particulares resolvi investir no aprendizado e comprar um teclado. Estava disposto a fazer um esforço para adquirir um instrumento. Me apaixonei por piano elétrico. O Roland FP-30 me encantou, mas seu valor em torno de 17 mil reais me acordou para minha realidade financeira. Ok, sem problema, me convenci por um Casio CDP-235 de 3 mil.

Já ia efetuar a compra quando, ciente da minha dedicação ao projeto, minha sogra revelou que guardava um Yamaha em casa e simplesmente me cederia o instrumento. De bônus, ela, que estudou piano clássico e tem um Fritz Dobbert na sala de casa, me presenteou com apostilas para facilitar meu estudo. Ganhei também o incentivo de toda a familia: meus pais, meus filhos e minha esposa deram toda a força. As aulas e a prática me encheram de energia. E tiveram o poder de aumentar meu relaxamento, concentração e positividade.

O aprendizado técnico está no início, mas no que depender da empolgação e do comprometimento, já me considero pianista por antecipação.

Que neste ano novo você também dê mais atenção à prática de fazer coisas igualmente novas, de realizar seus sonhos. Muitas vezes a simplicidade deles alivia ou elimina a complexidade da vida.

Aproveite 2020 vivendo os seus sonhos!

*Luiz Fara Monteiro é carioca e jornalista. Curte aviação, piano e fotografia. Apaixonado pela África do Sul. Pai de 3 filhos e casado com o amor da vida dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *