Amigos, namorados da alma

Foto: Depositphotos

*Mariana Londres

Sem eles, nada seríamos. No mês dos namorados, só consigo pensar nos amigos, que são uma espécie de namorados para a vida toda: são os amores da alma.

Pra eles não há dia. Há todos os dias. São eles que nos sustentam em todas as crises. E quando falo em amigo incluo pessoas da família. Minha mãe e minha tia são minhas grandes amigas, uma amizade que só cresceu quando me tornei mãe.

Fora da família, há algo de mágico no nascimento de grandes amizades. Pode ser uma pessoa que passou na sua vida de forma muito rápida, mas resolveu ficar pra sempre.

Comigo foi assim com Vitor. Nos conhecemos no curso de inglês. Aulas duas vezes por semana por poucos meses. Se não fosse o encontro de almas, talvez nem lembraríamos um do outro. Mas eis que celebramos trinta anos de amizade, mesmo morando a muitos quilômetros de distância, há muito tempo.

Magia pura é também das amizades da infância.

Especialmente aquelas que são levadas para a vida toda. Como explicar que duas meninas tenham se reconhecido como melhores amigas no maternal e mantenham contato, quarenta anos depois? Assim são Mariana e Marina.

Não as velhinhas do poema de Cecília Meirelles, mas Marina e eu, que hoje mora no Peru. No Ensino Médio, arrebatamos uma terceira pra vida toda, a Lu.

Eu poderia escrever um romance com as histórias das minhas grandes amizades. Melhores amigos da faculdade, do trabalho, da academia, da pós, melhores amigas vizinhas, amigas das amigas, amigos do intercâmbio, meus primos. Tenho uma coleção.

E as crises, vivi uma recentemente, são perfeitas pra nos relembrar quem são eles.

São os que celebram nosso sucesso e, especialmente, os que estão do nosso lado nas horas mais escuras. Porque a vida pode nos derrubar. Mas quem tem amigos, vai se levantar, sempre.


*@marianalondres escreve às terças-feiras, a cada duas semanas. É uma das organizadoras do Podcast Vida de Adulto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *