Enlou-cresça

*Fabrícia Hamu

Meu querido adulto,

Hoje trago alguns conselhos para você. Volte a sorrir. Um riso largo, que vira uma gargalhada gostosa, motivada pelas pequenas bobagens que a gente finge ignorar por cerimônia social, mas que são mesmo muito engraçadas.

Confesse que está com medo e peça colo. Assim como fazia na infância, não tenha vergonha de reconhecer o temor do escuro e do desconhecido, e esteja pronto para receber os (a) braços que vão se estender para te acolher.

Tire os piqueniques no parque da lembrança e traga-os para o hoje. Depois, deite-se na grama, tente adivinhar o formato das nuvens e ouça o barulho dos pássaros, enquanto se dá conta de que seu coração ficou mais calmo.

Permita-se comer a sobremesa antes do almoço.

Lambuze-se de brigadeiro de colher. Chupe picolé sentado no banco da praça. Lembre-se de como é saborear sem culpa cada colherada do seu prato predileto.

Ao dar de cara com um balanço, não se faça de rogado. Sente-se, pegue impulso e balance alto e forte, recordando a sensação de quase chegar ao céu. Esqueça os olhares de reprovação dos outros – você estará mais feliz que eles.

Adote um animal de estimação, batize com um nome fácil e divertido e relembre a sensação de cuidar de um companheiro fiel e inseparável. Tome banho de chuva sempre que puder. Aprecie o arco-íris depois da tempestade.

Não simule sentimentos. Se esforce para expressar o que realmente se passa dentro de você, sem medo do julgamento alheio. Reviva o alívio trazido pela simplicidade que só a verdade é capaz de revelar.

Perdoe nossos pais por toda a dor física e emocional que causaram.

Adultos às vezes fazem coisas terríveis, mas foi o melhor que conseguiram naquela época. Eles podem trazer tanta dor no coração, que acabam ferindo quem está mais perto.

Agradeça todo amor recebido de nossos pais e a oportunidade de estar aqui, desfrutando dessa incrível jornada que é a vida. Reconecte-se com a alegria, o entusiasmo e os sonhos que cultivamos um dia. Enlou-cresça.

Com amor,

Sua criança interior.


*@fabriciahamu é uma das fundadoras do Vida de Adulto. Escreve às segundas-feiras, duas vezes por mês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *