Se eu fosse eu

Camila Anllelini no Blog Vida de Adulto
Foto: Pexels

*Camila Anllelini

Se eu fosse eu,
não racionaria abraços,
não pouparia tempo,
não dormiria tão cedo.

Eu dançaria solta na rua,
passaria os domingos na praia,
ouviria as pessoas com
as pontas dos dedos.

Eu guardaria menos as mãos.
Lembraria de não usar
branco em dia de chuva,
de segurar as lágrimas em despedida,
de comer sorvete no inverno.

Eu saberia a hora de não falar.
Se eu fosse eu, deixaria ir
tudo o que quisesse,
e ofereceria flores
pra acompanhar o caminho.

Eu aprenderia a cantar.

Se eu fosse eu,
viveria de casa cheia,
de tristezas pequenas,
de coração amado.

Mas isso, só se eu fosse eu.


*@gentepossivel é escritora, mestranda em Resolução de Conflitos e Mediação pela Universidad Europea del Atlántico e estudante de psicanálise. Acredita na palavra que desenha afetos, em um desfazer-se constante para encontrar novas formas de estar no mundo. Reconhece na escrita antídoto para as urgências que roubam a beleza dos dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *