Tic-tac… estamos em quarentena! Tic-tac

Carla Caroline na quarentena com a filha, sentadas em um sofá
Foto: Arquivo pessoal)

*Carla Caroline

“Tic-tac e o tempo vai passando…”, diz a letra de uma música do Doctor MC’s e que me peguei cantarolando, aleatoriamente, ao longo da quarentena que, no meu caso, completa 60 dias em 13 de maio.

Ao recitar a canção, fiquei certo tempo me recordando de quando a ouvi pela primeira vez. Foi no início dos anos 2000, quando dançava ballet, viajava para festivais e algumas meninas do grupo “mais velho” cantavam os versos da música com muita alegria nas idas e vindas para Joinville, em Santa Catarina.

Fiquei um tempo imersa nas memórias e, quando retornei à realidade, percebi que o “tic-tac” ecoava há dias em mim, por meio de leituras, finais de semana com a minha pequena grande família de três e, principalmente, no meu interior!

São dias em que o tempo passa, querendo ou não, hora com leveza e hora com leves surtos. Mas… passa!

São 60 dias sem descer as escadas rolantes do metrô ou escolher em qual lugar almoçar. São 60 dias de olhares dolorosos, curativos, respeitosos e cheio de cuidados para a Carla que me habita!

O período tem sido de encontros e reencontros. A cada “tic-tac e o tempo vai passando”, a miopia se afasta e dá lugar a um ser que gosta das pequenas coisas da vida, incluindo um bom vinho, uma coberta animal print (mesmo no calor), afago da cria e um bom livro recheado de histórias incríveis! “Tic-tac”…


*@carlacaroline25 é colaboradora fixa do Vida de Adulto. Escreve aos domingos, a cada 15 dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *