Vida de Adulto lança seu primeiro e-book

*Vida de Adulto

2020 foi o ano do “vai passar”. A cada mês que passava, a esperança do vai passar. Uma hora essa pandemia do coronavírus passa. Foi uma das frases mais ditas em 2020. Terminamos o ano e não passou. Uma hora de fato tudo passa, não no tempo que queremos.

O que passamos até agora é o que está registrado no primeiro e-book organizado pelo blog (e agora editora virtual) Vida de Adulto.

“Afetos em quarentena: escrita curativa em tempos de pandemia” é um retrato humanizado dos afetos que ficaram em quarentena.

A dor que levou ao amadurecimento
O medo que desaguou na ansiedade
A solidariedade que brotou da empatia
O amor que transbordou com a saudade
A angústia que nos convidou a trabalhar a paciência
A solidão que procurou a esperança
A gratidão que acendeu a fé
O isolamento que nos obrigou à instrospecção
O luto que nos envolveu em uma tristeza coletiva.

Importa, sim, o que a gente passou até agora. Um registro não pelo lado dos números – quantos mortos fomos. Mortes físicas, mortes simbólicas. O “Afetos em quarentena” é um livro-consulta para podermos revisitar o ano de 2020 sempre que estivermos em busca de respostas. Não que ele seja um oráculo, mas pode nos ajudar a vermos algum sentido em tudo o que passamos.

Cada texto pode ser uma resposta ou deixar uma pergunta. Os textos não foram escritos por escritores profissionais, mas por gente como a gente que acredita que a escrita pode ser curativa, um instrumento para nos conhecer.

Em março do ano passado, logo no início da pandemia, abrimos o espaço do blog para que cada um dos nossos leitores fizesse um retrato do que sentia naquele exato momento da pandemia. Os textos foram chegando espontaneamente. Mais de oitenta pessoas escreveram e compartilharam seus afetos nas páginas do Vida de Adulto ao longo de 2020. Queriam dividir o que estavam sentindo. Ao lermos o que cada um tinha a dizer, fomos descobrindo que sentimos juntos. E sentimos muito.

O resultado de todo esse sentimento está registrado no e-book, que já está disponível na Amazon. Convidamos você a sentir com a gente!

Leia aqui “Afetos em quarentena: escrita curativa em tempos de pandema”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *