De mulher pra mulher

carla_caroline
Foto: Divulgação

*Carla Caroline

O título nos remete ao slogan de uma famosa loja de departamentos, não é? Porém, significa muito mais do que alguém desejando vender roupas ou outros acessórios para mulheres. É sinônimo de um laço forte com o que temos de mais precioso: a união, o carinho, o acolhimento e o resgate do respeito para com a nossa ancestralidade feminina.

Escrevendo parece lindo e prático.

Mas, confesso, não é e “devo” cada passo desse processo de evolução às pessoas que estão em minha trajetória nos últimos anos e, claro, a todas as mulheres fortes da minha família (tendo minha mãe como minha principal mentora), como minha avó, que no auge de seus 94 anos, nos mostra a necessidade dos laços afetivos.

Outro ponto que tem me resgatado foi apresentado nos últimos meses, quando a Dafne (@rosassagradas), me apresentou um projeto, que além de “abrir os olhos”, me fez abrir o coração e acolher, mesmo diante de dores, desafios e angústias, aquelas que ainda não iniciaram ou engatinham em suas descobertas femininas.

Com ela e outras tantas, tenho aprendido que aliar garra, amor, tesão e vontades em um único corpo não é tarefa fácil. É um obstáculo diário passível de superação. Mas, contudo, o que mais tenho entendido é que nós, mulheres, nos deixamos expor e colocamos, mesmo que sem querer, nossas feridas para fora. Porém, percebo que o mesmo não ocorre com os homens.

Acostumados a “dominar”, eles não choram e não se expressam. Sofrem “calados.”

Os colegas do futebol, da balada, da cerveja ou da igreja, não conhecem seus reais sentimentos. Falar sobre sexualidade, depressão, vícios, solidão ou algum fracasso? Jamais. É tabu!

Muitos nem tocam no assunto com o próprio terapeuta. Tudo só vem à tona quando há uma explosão, seja por meio de agressão física a mulheres ou outras explosões. Diante de tudo isso, devemos falar e olhar para as mulheres. E, também, observar o sexo oposto. Somente assim teremos a sociedade igualitária que buscamos.

Dica: Assistam ao documentário “O Silêncio dos Homens”. Está no YouTube!


*@carlacaroline25 é colaboradora fixa do Vida de Adulto. Escreve aos domingos, duas vezes por mês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *